FGTS pode ser usado no consórcio de imóveis

Recentemente, o Governo Federal divulgou regras de duas novas modalidades de saque nas contas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS): o Saque-Imediato – que é de R$ 500 e pode ser feito de contas ativas e inativas, independentemente do valor do saldo – e o Saque-Aniversário – que concede aos trabalhadores a possibilidade de retirar, anualmente, um percentual do saldo disponível. De acordo com o Sistema Financeiro da Habitação (SFH) é possível utilizar o valor depositado na sua conta do FGTS de três maneiras distintas, para: 

  • Compra e construção: quem deseja comprar ou construir um imóvel residencial, o saldo do FGTS pode ser utilizado para pagar uma parte ou o valor total do bem.
     
  • Amortização ou liquidação do saldo devedor: quem já tem um financiamento imobiliário assinado dentro do SFH, pode utilizar o seu Fundo de Garantia para pagar totalmente a sua dívida ou uma parte do saldo devedor.
     
  • Pagamento de parte do valor das prestações: quem já tem um financiamento é possível aproveitar o FGTS para o pagamento de até 80% do valor das prestações em até 12 meses consecutivos. 
     

Quais são as principais possibilidades para adquirir a casa própria?

O financiamento imobiliário é uma maneira relativamente fácil de ter acesso ao crédito para a compra da casa própria, no entanto, trata-se de um empréstimo que embute juros, correção monetária e outras taxas. Para aqueles que buscam fugir dessa realidade e programar melhor a aquisição desse bem, o consórcio de imóveis é uma opção. Nele, é possível fugir dos juros aplicados no financiamento e arcar apenas com a taxa de administração, que é menor.

Se o consórcio for a opção escolhida, lembre-se:

O FGTS também pode ser utilizado para dar um lance ou complementar a carta de crédito destinada à compra de um imóvel. Se você não dispõe do valor, mas tem saldo em sua conta do FGTS, poderá solicitar o saque para concluir a compra de um local residencial. O consorciado também pode utilizar esses valores para amortização ou liquidação de saldo devedor caso seja contemplado. Se você está em busca de um imóvel e vai contratar um consórcio, analise essas possibilidades. Certamente uma delas caberá na sua busca. O ideal é procurar uma administradora de confiança, verificar quais são as possibilidades de carta de crédito, parcelas e tempo do grupo e encontrar a que melhor se encaixa na sua realidade.